CLIQUE PARA OUVIR JOSSANDRA BARBOSA









Queremos agradecer a todos os nossos alunos, seguidores, colaboradores e funcionários que fazem de nosso trabalho um SUCESSO. Feliz ANO NOVO!!!!.E aguardem o lançamento do nosso livro DIPP em Fevereiro de 2017. Para sair desta tela clique no X abaixo ou Esc no seu teclado.Antes de Sair curta nossa fan page


INSCRIÇÕES ABERTAS

INSCRIÇÕES ABERTAS
Aproveite o primeiro lote de vendas de inscrições

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

O que é melhor alugar um ponto comercial ou usar um cômodo da sua casa para começar seus atendimentos psicopedagógicos



Psicopedagoga Jossandra Barbosa
jossandrabarbosa@gmail.com

O que é melhor alugar um ponto comercial ou usar um cômodo da sua casa para começar seus atendimentos psicopedagógicos

Um passo importante é a decisão de onde será o seu consultório. Usar um espaço adaptado em sua casa é uma opção mais que você deve levar em consideração alguns aspectos:
1.     Só utilize um cômodo adaptado se você não tiver reais condições de locar um espaço separado;
2.     Adapte o local deixando banheiro para seus clientes;
3.     Trabalhar em casa traz alguns desconfortos como barulho das crianças, intervenção de pessoas da família ou vizinhos;
4.     O espaço adaptado não deve ter vínculo aberto com os compartimentos da casa;
5.     Não deixe seus clientes terem acesso a sua casa. Lembre-se sempre do limite de intimidade que você deve ter com seus clientes e pais.
O tamanho do local alugado ou adaptado será de acordo com suas necessidades. O espaço ideal deve ter uma recepção, duas salas e dois banheiros.
A recepção para o primeiro contato com seus clientes. Uma sala menor para ser usada como espaço de avaliação (consultas) e outra maior para ser usada como intervenção. Os banheiros separados um para seus clientes e um para seu uso pessoal.
Na maioria das vezes encontramos consultórios onde as salas de avaliação e intervenção são a mesma. Entretanto não é o ideal. A sala de avaliação deve ser um local mais neutro, sem muito detalhe de decoração que não disperse seu cliente e nem os pais durante a anamnese, outro detalhe é que você nem sempre saberá que transtorno seu cliente possa ter. Crianças com autismo precisam de ambientes calmos e com menos estímulos visuais assim como crianças com TDAH que se dispersam com facilidade. Já a sala de intervenção pode ser um espaço maior com mesas, cadeiras, tapetes , materiais psicomotores, tudo depende de sua proposta de reabilitação, caso você tenha especialidades extras como psicomotricidade e neuropsicopedagogia pode fazer atendimentos de relaxamento de musculaturas de crianças hipertônicas, trabalhar o desenvolvimento motor com atividades de correr, dançar, pular ou até oficinas de culinária.
Ambientes separados também influencia como a criança interpreta o momento que está vivendo, a intervenção é um momento mais de interação com o terapeuta, onde o contato pode ser maior (terapia com crianças autista exige conhecimentos psicomotores com estímulos visuais, auditivos e afetividade).

Nem sempre conseguimos salas comerciais que conseguíamos distribuir em vários cômodos por isso o aluguel de casas é mais indicado, dependo do lugar pode até se tornar mais barato. E você pode usar os outros cômodos (dependendo do tamanho da casa) para realizar cursos, parcerias com faculdades e oferecer palestras ou outros serviços para auxiliar a renda do espaço.

1 comentários:

Patricia disse...

Ótimas! Dicas para os iniciantes como eu.

Abraços!


Patricia

Leia também neste site...

2leep.com